SEJA BEM VINDO
INDÚSTRIA

ADAB certifica agroindústria familiar de leite e iogurte no Semiárido Nordeste II

pequena indústria de Ribeira do Pombal foi certificada

03/11/2020 09h49Atualizado há 3 semanas
Por: Pedro Son
Fonte: ADAB
422

“Eu já estava desistindo do ramo de laticínio, foi preciso guerrear muito, superar grandes barreiras, engolir o choro e superar prejuízos, pois cada passo maior que projetávamos, tínhamos que recuar logo em seguida por causa da burocracia, enfim, perdemos muitos negócios”, diz emocionada dona Fátima Dantas, que começou no segmento após fugir da seca no sertão de Canudos BA e passou a escoar a produção de leite sob duas rodas.

Sim, era em cima da bicicleta que 17 anos atrás, seus filhos e sobrinhos entregavam de porta em porta do município de Ribeira do Pombal BA, litros de leite e depois os iogurtes de frutas. “Mas com a orientação dos fiscais da ADAB (Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia) nós conseguimos caminhar e agora estamos recebendo a certificação que vai nos possibilitar comercializar para todo o estado, uma vitória adquirida graças à consultoria e a vontade de resolver e não de punir”, reforça a pequena agroindustrial, após receber o selo SIE (Serviço de Inspeção Estadual), nesta quarta-feira (28), das mãos do diretor-geral, Maurício Bacelar e da diretoria de Inspeção de Produtos de Origem Agropecuária.

Agora, são processados cerca de 1 mil litros de leite por dia e, em média, 500 litros de iogurte diariamente, com previsão de ampliação dos negócios com a conquista da certificação.

A família Dantas lembra em detalhes do primeiro encontro com a direção da ADAB, em novembro do ano passado, quando aconteceu uma reunião com a participação da diretoria da agência e o secretário da Agricultura, Lucas Costa.

“A partir daquele momento, abraçamos a causa dos pequenos agroindustriais e ouvimos de dona Fátima a explanação que nos fez entender que era preciso agilizar o processo de regularização e aqui, em Ribeira do Pombal, damos seguimento à importante conquista para a Bahia que é a normatização das agroindústrias através de sete cadeias produtivas publicada no mês passado após muitos anos de espera pelo mercado produtor”, salienta Mauricio Bacelar.

Depois do ato de entrega do selo, o diretor-geral se reuniu na sede da ADAB local com produtores de Cícero Dantas BA, Heliópolis BA e Ribeira do Pombal BA para tratar sobre a regularização de pequenos empreendimentos rurais no Território Semiárido Nordeste II.

“Sem dúvida que as condições oferecidas com a regulamentação das pequenas agroindústrias beneficiam muitas empresas familiares e já estamos organizando a visita de equipes para orientação de suporte e instalação das plantas. Os trabalhos já estão em estágio avançado e, muito em breve, teremos mais laticínios e produção ampliada para comercialização de iogurte, requeijão e manteiga”, ressalta o diretor. 

O regulamento recém publicado vai proporcionar que 32 mil famílias e 157 agroindústrias de pequeno porte situadas na Bahia sejam regularizadas de imediato, gerando emprego, renda e novas perspectivas ao homem do campo e à agricultura familiar.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários