Segunda, 23 de Maio de 2022
28°

Pancada de chuva

Jeremoabo - BA

Segurança Bahia

Sprev comemora 10 anos de ações contra a violência e em favor da valorização do servidor

Em comemoração aos dez anos de criação da Superintendência de Prevenção à Violência (Sprev) da Secretaria da Segurança Pública (SSP), foi realizado, nesta terça-feira (14), o seminário 'Sprev: Construindo Pontes', onde foram abordados temas, como Direitos

14/12/2021 às 15h05
Por: Pedro Son Fonte: Secom Bahia - (Milena Leal)
Compartilhe:
Foto: Elói Corrêa/GOVBA
Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Em comemoração aos dez anos de criação da Superintendência de Prevenção à Violência (Sprev) da Secretaria da Segurança Pública (SSP), foi realizado, nesta terça-feira (14), o seminário ‘Sprev: Construindo Pontes’, onde foram abordados temas, como Direitos Humanos, Responsabilidade Social, LGBTfobia, Racismo e Intolerância Religiosa.

“A Sprev tem como missão fomentar políticas públicas, dentro da SSP, de prevenção da violência e valorização do servidor. Para celebrar esses dez anos, trouxemos debates de temas atuais sobre direitos humanos”, explicou a titular da Superintendência, major Denice Santiago.

O evento, realizado no auditório da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), contou com uma mesa redonda com a participação da diretora-executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Samira Bueno; do coordenador e co-fundador da Iniciativa Negra por Uma Nova Política Sobre Drogas, o mestrando Dudu; da dragqueen, Petra Péron, militante do movimento LGBTQIA+; e da Yalorixá Jaciara Ribeiro, coordenadora de Gênero e Religião de Matriz Africana, do Bloco Afro Malê Debalê.

Mãe Jaciara Ribeiro fez questão de relembrar as violências sofridas por sua família e o candomblé ao qual faz parte. Segundo ela, é necessário que se denuncie ações de intolerância, como a destruição do busto erguido em homenagem à mãe Carmem, bem como a agressão sofrida pela mesma em vida. “Para mim, este é um momento importante de reflexão. Temos que falar de estatísticas e da segurança do povo de religião de matriz africana”.

Algumas ações foram destaque durante a comemoração, entre elas a Ronda Maria da Penha; o Centro étnico-racial Mãe Stela de Oxossi e o último projeto realizado em 2021, Ligado por Fios, que ofertou, durante a solenidade, kits para duas mulheres em tratamento contra o câncer.

Ainda durante a celebração, a major Denice chamou ao palco todos os ex-superintendentes para um momento de homenagem e agradecimento pelo empenho de cada um, durante esses dez anos de atuação no estado. Na ocasião, o titular da SSP, Ricardo Mandarino, entregou uma placa de reconhecimento a cada um dos homenageados e falou da relevância das pautas discutidas. “Desejo que a sociedade vá evoluindo, e que chegue o momento em que possamos dispensar os seminários ou qualquer tipo de discussão, pois tudo estará intrínseco em nossas cabeças”, afirmou o secretário.

Após o lançamento do calendário mensal de ações para 2022, a major Denice também foi homenageada.

Repórter: Leiliane Fláu

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias