Domingo, 21 de Julho de 2024
13°

Parcialmente nublado

Jeremoabo, BA

Exclusivas OPERAÇÃO JERIMUN

Secretária Municipal de Educação de Jeremoabo BA esclarece sobre “Operação Jerimun”

A ecretária Alessandra falou sobre a ação policial

25/05/2024 às 14h53 Atualizada em 01/06/2024 às 13h56
Por: Pedro Son Fonte: redação (Pedro Son) com Rádio Jeremoabo FM
Compartilhe:
Crédito: REdes Sociais Rádio Jere FM
Crédito: REdes Sociais Rádio Jere FM

A Secretária Municipal de Educação, Alessandra Teixeira, cedeu entrevista para esclarecimentos quanto à “Operação Jerimum”, deflagrada pela Polícia Federal na manhã de ontem, 24.05, nas cidades de Jeremoabo BA e Paulo Afonso BA.

Na entrevista, concedida à Rádio Jeremoabo FM, ela explica a visita dos policiais, afirma que nada encontraram de irregularidades, destacou que foi informada da operação e facilitou a abertura da Secretaria para que eles analisassem e verificassem.

Destacamos algumas falas, sendo que a entrevista completa vai publicada logo abaixo.

“... estou aqui como pessoa pública para esclarecer a respeito de algumas notícias... umas foram Fake News, mas outras de fato foram verdades e estou aqui como pessoa pública para esclarecer.... eu já tinha sido notificada que nós é iríamos receber uns peritos para avaliar alguns documentos da Secretaria de Educação referente a um processo, uma denúncia de 2018, 2019. Então eu fiz o que qualquer pessoa pública tem que fazer, né? Deixar o espaço público disponível para que eles pudessem adentrar e procurar e analisar o que eles quisessem. E assim foi feito... Olharam, viram, nada de irregular foi encontrado,”.

“... assim vieram várias especulações, botaram fotos fake news aí que seria de minha casa, no meu banheiro, né? E eu só digo assim... fake news é crime, né? ... a gente que está realmente à frente ou está aí um cargo público, a gente está para passar por várias situações... “.

“Na verdade... o foco deles, pelo que eu percebi, era com a empresa, não é? Aqui no município eles foram até a Secretaria de Educação e analisaram os documentos. Pronto. Não levaram nada...”.

“... na época eu também não estava como secretária..., Quando há denúncia tem que haver averiguação sim. Então pra realmente saber se a denúncia é fato, se é verdade, punir quem for né ou não, tem que fazer as averiguações... foi como eu conversei com o prefeito, o que eles acharam na Secretaria, foi tudo organizado. ... e aí cabe agora o restante à justiça averiguar o que que vai fazer...”.

“... Eu não tive contacto direto com eles, porque eles ... só queriam os documentos... ... eles me notificaram e eu mandei abrir a Secretaria, e deixar tudo à disposição... Eu trabalho de forma muito transparente, certo? Nós trabalhamos de forma muito transparente. ... denúncias tem e vai ter e a gente está aqui para se colocar à disposição. Agora, se tivesse alguma irregularidade tinham achado lá e que não foi o caso, muito pelo contrário. Achou tudo aí... e o foco, o que eu percebi que o foco é a empresa, não é a Secretaria, não é Alessandra...”.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias