Domingo, 17 de Outubro de 2021
20°

Poucas nuvens

Jeremoabo - BA

Exclusivas CONTAS ANUAIS

Jeremoabo BA: Antonio Chaves tem contas rejeitadas e Derisvaldo aprovada com ressalvas, após apreciação voto TCM pela Câmara Municipal

foram mantidos o parecer do TCM

06/10/2021 às 11h36 Atualizada em 08/10/2021 às 23h19
Por: Pedro Son Fonte: redação
Compartilhe:
sessão da câmara julga contas 2018. Imagem: facebook.
sessão da câmara julga contas 2018. Imagem: facebook.

A Sessão da Câmara Municipal de Jeremoabo BA de ontem (05.10) teve como pauta apenas o julgamento das contas do exercício financeiro 2018 de Antonio Chaves e Derisvaldo José dos Santos.

Antonio Chaves, governou até 02.07.2018 e Derisvaldo José dos Santos, de 03.07.2018 até 31.12.2018.

O TCM havia opinado pela não aprovação das contas do período relativo a Antonio Chaves, em função da não aplicação do índice constitucional relativo à Saúde, tendo sido aplicado 12,52% ao invés de 15% exigido, e por aprovação com ressalvas no período de Derisvaldo José dos Santos.

Ressalte-se que Antonio Chaves teve acesso às contas interrompido no dia 29.06.2018, de forma ilegal, não conseguindo efetuar os pagamentos e procedimentos contábeis que poderia ter evitado o não cumprimento do índice que reprovou suas contas

Para modificar o parecer seriam necessários 2/3 dos votos, ou seja, 8 votos dos votantes já que Antonio Chaves não podia votar na apreciação de suas contas e a vereadora Josefa Albertina, esposa de Derisvaldo, também não podia votar na apreciação das contas de seu esposo.

Efetuada a votação separada, na apreciação das conta de Antonio Chaves houve um empate de 6x6 com a bancada da situação votando pela aprovação do parecer e a bancada da oposição votando pela derrubada do parecer. Não se obtendo os votos necessários para derrubada, foi mantido o veto e Antonio Chaves teve suas contas rejeitadas.

Na votação das contas de Derisvaldo José dos Santos, o placar foi de 6 votos dados pela oposição pela derrubada do parecer e 5 votos dados pela situação pela manutenção. Novamente nãos e obtendo votos necessários, o parecer foi mantido e Derisvaldo teve suas contas provadas com ressalvas.

Votaram pela situação os vereadores Erick, Ivande, Jairo, Zé de Zezito, Zominho, Albertina e pela oposição os vereadores Bino, Kaká, Dedé, Sidnei, Neguinho, Zé Miúdo.

Agora espera-se o julgamento das contas do Prefeito Municipal Derisvaldo José dos Santos, exercício financeiro de 2019, que o TCM opinou como não aprovação.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias