Terça, 24 de Maio de 2022
23°

Poucas nuvens

Jeremoabo - BA

Geral Sergipe

Educação visita escolas estaduais em Lagarto e dialoga sobre melhorias adquiridas por meio do Profin

Para secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), professor Josué Modesto, as equipes diretivas da rede estadual têm executado um primoroso trabalho na condução e aplicabilidade dos recursos

13/05/2022 às 16h46
Por: Pedro Son Fonte: Secom Sergipe
Compartilhe:

O secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, visitou dois colégios da rede estadual (Sílvio Romero e Doutor Evandro Mendes) localizados em Lagarto, nesta quinta-feira, 12 Como já é de costume, o gestor verificou as condições de infraestrutura, laboratórios de informática e de ciência, questões sobre a alimentação escolar e demais assuntos que são inerentes ao desenvolvimento administrativo e pedagógico da unidade. Outra demanda que tem sido tratada nos locais são os recursos do Programa de Transferência de Recursos Financeiros Diretamente às Escolas Públicas Estaduais (Profin), a exemplo de como as equipes têm realizado melhorias e avanços na administração das escolas.

Para Modesto, as equipes diretivas da rede estadual têm executado um primoroso trabalho na condução e aplicabilidade dos recursos do Profin, “o que reflete diretamente nas ações internas da unidade, melhorando espaços, visto que são recursos que podem ser aplicados em medidas permanentes, aquisição de equipamentos tecnológicos, mobiliário, kit de material escolar e fardamento, além de serviços pontuais, a exemplo de pequenos reparos, entre outros benefícios”, disse ele, informando que as unidades de ensino da rede estadual devem estar preparadas para o recebimento de uma nova parcela do programa ainda este ano.

A primeira escola visitada em Lagarto foi o Colégio Estadual Sílvio Romero, uma das maiores do município, e que tem desenvolvido diversas melhorias a partir dos recursos do Profin. Ao todo, são 1.381 alunos matriculados nos ensinos fundamental, médio e educação profissional. “A presença do secretário em nossa escola nos alegra muito. É o momento em que podemos dialogar, apresentar nossas demandas e ele pode verificar o que temos feito e o que precisamos. Para a gente era um momento esperado que ele conhecesse a escola porque existem alguns pontos que tínhamos o desejo de que ele tomasse conhecimento para que acelerasse algumas etapas, como a nossa reforma que está prevista”, disse a diretora da unidade de ensino, professora Maria Tamires Ribeiro. 

Ainda segundo ela, a assistência financeira suplementar deu mais liberdade para as escolas. “Tanto para melhorar espaços, comprar equipamentos, porque antes a gente dependia da Secretaria, e assim as demandas demoravam mais tempo. Hoje o conselho monta o plano e faz todo o processo de aquisição de equipamentos, melhorias de infraestrutura e mobiliário, compra de materiais permanentes, e a gente opta por empresas do município para que a renda fique no município. Então, de certa forma, isso nos dá mais autonomia e, consequentemente, a gente consegue criar novos espaços de convivência, de aprendizagem e a escola torna-se um local mais atrativo. Apesar da estrutura mais antiga e uma necessidade de reforma, temos criado novas possibilidades com um pouco mais de conforto para os nossos alunos”, destacou.

No Colégio Estadual Dr. Evandro Mendes, que também tem desenvolvido melhorias com recursos do Profin, o secretário Josué Modesto dialogou com a equipe diretiva sobre diversas pautas. De acordo com a diretora, professora Solange Dias, a visita do secretário estadual também foi muito aguardada pela comunidade. “A gente fica feliz com essa atenção que ele proporciona às escolas estaduais, sentimo-nos acolhidos e percebidos pela gestão. Toda essa atenção também pode ser percebida com a ajuda financeira que recebemos por meio do Profin, que muito tem nos dado autonomia. Com esse dinheiro realizamos pintura de todo o nosso prédio, compramos novos equipamentos para todas as salas de aulas, mobiliários, como cadeiras, distribuímos materiais escolares, fardamento. Tem sido um recurso muito importante para nós”, concluiu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Veja também
Ele1 - Criar site de notícias