SEJA BEM VINDO
Internacional

Veja as fotos vencedoras do World Press Photo 2021 

Registro de abraço entre enfermeira e idosa e de leão-marinho nadando para uma máscara de proteção foram premiados

20/04/2021 17h26
Por: Pedro Son
Fonte: R7
54
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O fotógrafo dinamarquês Mads Nissen foi o vencedor da World Press Photo 2021 na categoria Foto do Ano 2021. A foto registra o momento de um abraço entre Rosa Luzia Lunardi, de 85 anos, e a enfermeira  Adriana Silva da Costa Souza. Esse foi o primeiro abraço que a idosa recebeu em cinco meses. Em março, asilos no Brasil fecharam as portas a todos os visitantes por conta da pandemia covid-19

Na categoria esportes, o vencedor foi o fotógrafo Adam Pretty. O clique mostra o treino de um escalador, na Alemanha, durante a preparação para uma competição de Boulder, uma modalidade de escaladas que não utiliza equipamentos de segurança. Com as academias fechadas para controlar os casos de covid-19 , o atleta procurou uma outra maneira de manter a forma e os treinos

Na categoria natureza, o vencedor foi Ami Vitale. A foto escolhida pelos jurados do prêmio foi feita durante o transporte de uma girafa em uma bolsa para retirar o animal da ilha Longicharo que ficaria inundada, no Lago Baringo, no oeste do Quênia. As girafas de Rothschild são uma subespécie da girafa do norte e são classificadas como ameaçadas de extinção.

Na categoria questões contemporâneas, o vencedor foi Pablo Tosco. O fotógrafo fez uma foto de uma mãe e seu filho nos preparativos para uma pescaria de barco na baía de Khor Omeira, no Iêmen. A mãe de outros 8 filhos busca o sustento da família em meio ao conflito entre rebeldes muçulmanos xiitas Houthi e uma coalizão árabe sunita liderada pela Arábia Saudita. Um bloqueio da coalizão saudita ao Iêmen entre 2015 e 2017 impôs restrições à importação de alimentos, medicamentos e combustíveis

Na categoria Notícias, a vencedora foi Evelyn Hockstein. A foto mostra um homem e uma mulher que discutem sobre a remoção  do Memorial da Emancipação, em Lincoln Park, Washington DC, nos EUA. O monumento mostra Lincoln segurando a Proclamação da Emancipação em uma mão, com a outra mão sobre a cabeça de um homem negro com uma tanga, ajoelhado a seus pés, posição considerada paternalista e humilhante em sua representação dos negros norte-americanos. Aqueles contra a remoção dizem que é uma descrição positiva de pessoas sendo libertadas das algemas da escravidão

Na categoria meio ambiente, o vencedor foi Ralph Pace, que conseguiu flagrar um leão-marinho nadando em direção a uma mascara de proteção, equipamento de segurança usado na pandemia de covid-19, em Monterey, na Califórnia, nos EUA.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários