SEJA BEM VINDO
Educação

Estudantes podem se inscrever para monitoria do Programa Mais Estudo até domingo (4)

Cada estudante terá direito a uma bolsa de R$ 100 durante o período que estiver vinculado ao programa.

02/04/2021 12h52
Por: Pedro Son
Fonte: Secom Bahia - (Pamela Simplício)
7
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Os estudantes da rede estadual de ensino que tiverem interesse e preencherem os critérios de seleção poderão se inscrever até este domingo (4) para atuarem como monitores do Programa Mais Estudo. O Governo do Estado está com processo seletivo aberto para o preenchimento de 52 mil vagas em todo o território baiano.  As inscrições devem ser realizadas no site da Secretaria de Educação do Estado (www.educacaobahia.com.br/auth.php) e o estudante interessado deve ter média igual ou maior a oito pontos nas disciplinas para as quais pleiteia monitoria. Cada estudante terá direito a uma bolsa de R$ 100 durante o período que estiver vinculado ao programa. 

Os estudantes que já se inscreveram e foram considerados aptos para a monitoria até a última sexta-feira (26), começaram a atuar como monitores no dia 29 de março. Os alunos selecionados irão atuar como monitores de Língua Portuguesa, Matemática e Educação Científica durante o ano letivo 2020/21. Para saber se está habilitado para participar da monitoria, os estudantes devem entrar em contato com a equipe gestora ou coordenação pedagógica da sua unidade escolar.

Regulamentado como lei estadual no último sábado, dia 27 de março, o programa foi iniciado em 2019 com oferta de 10 mil vagas.  A superintendente de política para a educação básica, Manuelita Brito, explica que agora o programa pode ser realizado anualmente. “O projeto aprovado na Assembleia Legislativa do Estado e que agora é lei, concede ao Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, a garantia de que todos os anos serão realizadas novas edições do programa.  O estudante com boa média em português ou matemática poderá ajudar seus colegas nesse processo de aprendizado. Esse ano o tempo dedicado ao programa, de oito horas semanais, serão computados como carga horária letiva e vale tanto para os monitores quanto os demais alunos que participam da monitoria”.

O Programa Mais Estudo é voltado para estudantes do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental e da 1ª a 4ª série do Ensino Médio e da Educação Profissional que estejam regularmente matriculados na unidade escolar em que irá realizar a monitoria e que tenha obtido aproveitamento com média final igual ou maior que oito (8,0), no ano letivo ou no trimestre anterior àquele em que será iniciada a seleção no componente curricular para o qual pleiteia a monitoria.

Nas unidades escolares em que haja alunos com média igual ou maior que oito em número inferior à quantidade de vagas disponibilizadas, serão considerados elegíveis, aqueles com nota/média igual ou maior que sete (7,0). Também serão habilitados estudantes premiados na Feira de Ciências da Bahia (Feciba).

Processo seletivo

Para participar, o estudante deve possuir Cadastro de Pessoa Física (CPF) devidamente regularizado; dispor de oito horas semanais, de acordo com o calendário definido pela equipe gestora e pela coordenação pedagógica da unidade escolar. O estudante não poderá  estar atuando em outra monitoria.

Para aderir ao Programa, o gestor da unidade escolar deverá confirmar a participação do estudante no Sistema de Gestão do Mais Estudo, no site informado anteriormente.

Caberá à unidade escolar constituir uma comissão de seleção dos monitores e organizar a forma de distribuição dos grupos de estudo para cada turma, sob a responsabilidade do estudante monitor, considerando as diretrizes da Secretaria da Educação do Estado. A forma de distribuição dos grupos de estudo será especificada no Documento de Orientações Pedagógicas do Programa Mais Estudo.

Repórter: Jairo Gonçalves

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários