Copa Rural 2011: Resultados da 1a. rodada

 

II COPA RURAL

1ª. Rodada

Dada a largada para a Copa Rural 2011. Surpresa mesmo foi a derrota, na estréia, do Canché, campeão do ano passado. Domingo a rodada se inverte com os mandantes desta rodada indo jogar na casa do adversário. O Zonal 5 (Região de Lagoa do Mato) teremos reunião exclusiva na próxima quinta-feira para definição.

 Zonal 1

Tapera 0 x 1 Força Jovem

Lagoa do Raso 1 x 1 Boa Vista

Adriana 1 x 1 Sítio Taperinha

Zonal 2

Murití 3 x 2 Estaleiro de Cima

Tanque de Cima 2 x 2  Malhada Vermelha

Bolas 1 x 0 Baixa da Mata

Pau Dagua x Itapicuru: O time do Pau Dágua perdeu por W x 0, por não cumprir as exigências obrigatórias aos mandantes, como marcação do campo, redes e os bandeirinhas e Etc.

Zonal 3

Coelho 0 x 0  Rompe Gibão

Km 22 0 x 2 Monte Alegre

Zonal 4

Baixa da Pedra 2 x 0 Assentamento Paraíso

Caritá 2 x 3 Cordão

Feira Nova 1 x 0 Coríntias (Baixa da Pedra)

Adiado o jogo Lagoa Grande e Alvorada em função da morte do jovem Maurício. 

Zonal 5

Rodada adiada

Zonal 6

Cirica 1 x 0 Tranqueiras

Viração 2 x 1 Lagoa de Inácio

Zonal 7

Carnaíba 1 x 2 Belo Monte (Brejo Grande)

Incozeira 0 x 1 Água Branca

Lages 1 x 0 Canché

Lagoa do Mato do Sertão 2 x1  Brancos

 

Mauricio é enterrado sob forte comoção

Sob forte comoção foi realizado hoje, no Cemitério do povoado Cordão, o jovem Maurício Santos de Jesus, vitimado por ladrões em assalto realizado nesta semana, próximo ao povoado Lagoa Grande, no município de Jeremoabo, quando se dirigia para reunião da Associação de Moradores da Comunidade. Muitas pessoas estiveram presentes, inclusive grande caravana do Colégio Municipal são João Batista, formada pelo corpo administrativo, professores e colegas do 9º. Ano do Ensino Fundamental. O professor Marivaldo Oliveira, tinha Maurício como aluno, e lamentou muito a maneira trágica da morte e enalteceu as qualidades do aluno “era uma pessoa bem comportada e dedicado aos estudos”. A Diretora Rosa Maria também destacou o comportamento do falecido e também se mostrou bastante consternada com o ocorrido.Irmãos, vindos de São Paulo para o enterro, e parentes, lamentavam profundamente o assassinato de Maurício, e cobravam rápidas providências.

Novembro_2011_016_320x240Novembro_2011_009_320x240

Os fatos

Maurício, juntamente com o primo José Robério Ribeiro, 30 anos,  foram surpreendidos por dois  indivíduos armados em outra motocicleta, quando tentavam atravessar a BR 110 a bordo de uma moto Honda modelo  Fan preta 150, placa NYU 3011, licença  de Jeremoabo. Em entrevista ao repórter Tony Filho, da Rádio Jeremoabo FM, Robério, que conduzia a moto, disse que os assaltantes se aproximaram, anunciaram o assalto e já foram atirando. Ao perceber que o carona,  Maurício,  havia sido atingido por um tiro na cabeça, largou a moto e correu para dentro de uma roça; um dos bandidos ainda tentou prossegui-lo, mas acabou desistindo, voltando ao local do crime e fugindo em seguida com a moto. Robério também foi atingido na perna, de raspão. Ele conta que em seguida foi até o Povoado Lagoa Grande, onde pediu ajuda para prestar socorro a Maurício que ficou caído às margens da pista, sendo em seguida levado ao Hospital Municipal de Jeremoabo, mas devido à gravidade do acidente teve que ser transferido para Aracaju.

Rodrigo


Padre Aldo: Deputada Fátima Nunes traiu a mim e ao povo de Adustina

Padre Aldo: Deputada Fátima Nunes traiu a mim e ao povo de Adustina-BA

Em uma entrevista concedida ao comunicador Webber Ribeiro da Rede de Comunicação do Nordeste, o padre Aldo, esclareceu de uma vez por todas a sua desistência da pré-candidatura a prefeitura de Adustina.

 Questionado sobre o lançamento da pré-candidatura, o padre disse que sentiu a necessidade ao ouvir o clamor, dores e angustia da população pedido a sua pré-candidatura que tinha um projeto para apresentar a cidade de Adustina.

 "Tenho competência e seriedade". Foi com esse intuito que eu resolvi entrar na disputa. Eu tenho um plano de governo, de ação e trabalho para o povo de Adustina disse padre Aldo.

 Houve um racha no partido do PT de Adustina?

 A população aprovou meu nome e com ela veio varias adesões.  Aldo disse contar com o apoio de vários prefeitos, ex-prefeitos e empresários que acreditavam no projeto do povo Adustinense.

 Lugar de Padre é na Igreja. Questionado sobre essa frase, Aldo disse:

 "Seria limitado reduzir a igreja em quatro paredes. A igreja tem um trabalho social e tem um papel de salvar um homem como todo. Nesse contexto, coloco quando você coloca seu nome como pré-candidato você vem para uma igreja bem maior que é ajudar a salvar as pessoas com melhorias do dia-a-dia" disse padre Aldo.

 Pré-candidatura por água abaixo:

 De acordo com padre Aldo, os companheiros do PT fizeram um projeto de manipulação que causou um mal estar no grupo.

 O padre se diz se traído pelos companheiros do PT. “Eu era bem recebido durante as visitas na comunidade e quando eu virava as costas era apunhalado pelos companheiros ao pronunciarem que eu não seria pré-candidato pelo grupo”.

 De acordo com padre Aldo, A deputada demonstrou muita frieza quanto ao meu apoio. Segundo Aldo para se conseguir uma reunião com a deputada foi à maior dificuldade, destacou. “Eu e o povo de Adustina fomos traído pela deputada Fátima Nunes(PT)”; Eu não sou mais pré-candidato a prefeito de Adustina.” lamentou Padre Aldo.

 De acordo com Aldo a comunidade Adustinense está na luta com a deputada Fátima Nunes a mais de 20 anos desde o inicio da fundação do PT no município. A deputada traiu um projeto que construímos ao longo do tempo, disse padre Aldo.

 O pároco disse está muito triste com a atitude da nobre deputada Fátima Nunes. “Eu não era um padre, eu era um projeto político, eu não tinha intenção de enricar ou de administrar pra mim”. Eu tinha uma proposta e meu interesse era trabalhar e construir com o povo e para o povo. Havia muitas pessoas acreditando nesse sonho, lamentou o padre Aldo.

 O padre disse respeitar a caminha das pessoas e disse não ter mais interesse em votar no PT (Partido dos Trabalhadores) desabafou padre Aldo.

 De acordo com o padre, alianças e parcerias política ainda é muito cedo para se manifestar. Esse projeto ainda não está em vista finalizou, padre Aldo.

 Por: www.CarlinoSouza.com.br / Nos Bastidores do Poder!

 

Eugenio Souza assume a Prefeitura de Santa Brígida

Com a Câmara lotada o setentrião Eugênio Souza assume o lugar de Padre Teles

O prefeito de Santa Brígida, José Francisco de Souza Teles, renunciou seu mandato na manha de sexta-feira (4), deixando surpresa toda a população local. Em seu lugar, tomou posse o vice-prefeito Eugenio José de Souza Silva que, agora, é o responsável pelos rumos administrativos da cidade. Uma grande quantidade de eleitores e curiosos lotaram ontem à noite às dependência da Câmara, para acompanhar a transição. Na carta de renúncia entregue ao presidente da Câmara Municipal de Santa Brígida, Roberto do Vicente, padre Teles disse que as razões foram de foro íntimo e pediu desculpas aos santabrigidenses por qualquer eventual ação que tenha desagradado ao povo.

As razões de foro íntimo não foram explicitadas por Teles  na sua carta de renúncia, mas, de acordo com informações de bastidores, ele abriu mão do cargo porque no exercício da função corria  o risco de  ser cassado a qualquer momento devido a prática de  improbidade administrativa. No entanto, esta informação é contestada por pessoas ligadas ao ex-prefeito. A quem afirme que um conjunto de ações teria tornado Teles desiludido com a política a partir de pressões vindas dos próprios vereadores.

Além de toda a agitação que causou em Santa Brígida, a notícia da renúncia de padre Teles provocou alvoroço na imprensa  onde alguns setores comentaram a decisão do ex-gestor.

Houve quem lembrou que Padre Teles no seu segundo mandato andava descontente com a política e a decepção era maior com os próprios aliados. Pessoas próximas a Teles chegaram a afirmar que ele já havia ameaçado renunciar o cargo meses atrás, mas sua fala não foi levada a sério.

O vereador por Glória Nido de Dotor (PSD), foi prestigiar a posse de Eugênio Souza. Aliás, o vereador Nido tinha razões de sobra para estar no evento. Seu genro, Gordo de Raimundo aparece com vários corpos de frente em relação aos outros cinco pré anunciados candidatos à sucessão municipal. Em conversa com a reportagem do jornal da 104 ontem à noite em Santa Brígida, vários populares afirmaram que o recém empossado prefeito Eugênio teria declarado abertamente o seu voto a Gordo de  Raimundo nas eleições de 2012.

Fonte Luiz de Brito/www.bobcharles.com.br

 

Políticos da região podem perder cargos

 MP eleitoral da Bahia quer perda de cargo de mais 21 políticos por desfiliação sem justa causa

A Procuradoria Regional Eleitoral da Bahia (PRE/BA) moveu mais 21 ações de decretação de perda de cargo eletivo contra prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de municípios baianos por terem se desfiliado, sem justa causa, dos partidos nos quais se elegeram. Desde o mês de outubro já foram propostas 26 ações de perda de cargo eletivo por desfiliação partidária, e a previsão do procurador Regional Eleitoral, Sidney Madruga, é de que, até dezembro deste ano, outras 282 ações do gênero sejam movidas pela Procuradoria. Os políticos que são alvos das ações pediram, segundo a PRE/BA, a desfiliação de seus partidos originários sem apresentar nenhum dos critérios de justa causa definidos pela Resolução do Tribunal Superior Eleitoral nº 22.610/2007.

 Maria Nerivam Vieira de Oliveira, vereadora do município de Fátima/BA, pediu desfiliação do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e apenas cinco dias após sua desfiliação do PSDB ingressou nos quadros do PDT;

 Ivan Barbosa Pereira, vereador do município de Firmino Alves/BA, pediu desfiliação do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e apenas 18 dias após sua desfiliação do PMDB ingressou nos quadros do PSD;

 José Romero Rocha Matos vereador do município de Quijingue/BA, pediu desfiliação do Partido Social da Democracia (PSDB);

 Gelvane Ribeiro dos Santos vereador do município de Fátima/BA, pediu desfiliação do Partido Socialista Brasileiro (PSB) e apenas cinco dias após sua desfiliação do PSB ingressou nos quadros do PDT;

 Newton Francisco Neves Cotrim, prefeito do município de Igaporã/BA, pediu desfiliação do Partido da República (PR) e apenas 20 dias após sua desfiliação do PR ingressou nos quadros do PT;

 Euvaldo Nunes de Carvalho, vereador do município de Antas/BA, pediu desfiliação do Partido Progressista (PP) e apenas 17 dias após sua desfiliação do PP ingressou nos quadros do PSB;

 José Luiz Maciel Rocha, prefeito do município de Seabra/BA, pediu desfiliação do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e apenas 10 dias após sua desfiliação ingressou nos quadros do PSB;

 Norma Suely Freire de Vasconcelos Silva, vereadora do município de Itamari/BA, pediu desfiliação do Partido Democratas (DEM) e apenas 17 dias após sua desfiliação ingressou nos quadros do PR;

 Ateilton Fernandes Menezes vereador do município de Itamari/BA, pediu desfiliação do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e apenas três dias após sua desfiliação do PSDB, ingressou nos quadros do PC do B;

 Gilvan Ribeiro da Costa, vereador do município de Coronel João Sá/BA, pediu desfiliação do Partido dos Trabalhadores (PT) e apenas 22 dias após sua desfiliação do PT ingressou nos quadros do PP;

 Jildeval Neves de Carvalho, vereador do município de Coronel João Sá/BA, pediu desfiliação do Partido da República (PR) e apenas 22 após sua desfiliação do PR ingressou nos quadros do PP;

 João Andrade de Souza, vereador do Município de Malhada de Pedras/BA, pediu desfiliação do Partido Socialista Brasileiro (PSB);

 José Carlos de Jesus Silva vereador do município de Lamarão/BA, pediu desfiliação do Partido Progressista (PP) e apenas 22 dias após sua desfiliação ingressou nos quadros do PT do B,

 José Edésio Cardoso Silva, vereador do município de Alagoinhas/BA, pediu desfiliação do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e apenas 19 dias após sua desfiliação do PSDB ingressou nos quadros do PDT;

 Osvaldo de Jesus Santos, vereador do município de São Miguel das Matas/BA, pediu desfiliação do Partido Progressista (PP) e apenas 15 dias após sua desfiliação do PP ingressou nos quadros do PSC;

 Paulo Sérgio Jesus dos Santos vereador do Município de Gandu/BA, pediu desfiliação do Partido Social Democrata Cristão (PSDC) e apenas nove dias após sua desfiliação do PSDC ingressou nos quadros do PTB;

 Renato José Ribeiro, vereador do município de Coronel João Sá/BA, pediu desfiliação do Partido da República (PR) e apenas 22 dias após sua desfiliação do PR ingressou nos quadros do PP;

 Luciano Antônio Pinheiro, vice-prefeito do município de Jacobina/BA, pediu desfiliação do Partido Social Liberal (PSL);

 Pedro Antônio da Rocha Mello, vice-prefeito do município de Gandu/BA, pediu desfiliação do Partido dos Trabalhadores (PT) e apenas 19 dias após sua desfiliação do PT ingressou nos quadros do PRTB;

 Jean Pereira de Assunção, vereador do município de Ibirapitanga/BA, pediu desfiliação do Partido Trabalhista Nacional (PTN);

 Lázaro Andrade de Oliveira, vice-prefeito do Município de Teolândia/BA, pediu desfiliação do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).

Fonte: www.politicalivre.com.br

 

Nota do site: Caso a medida pegue a coisa vai ficar preta para muito políticos que saltam de partido para partido. Estão ancorados os políticos que mudaram de legenda para o PSD pois a Lei ampara quem trocar de partido para novo partido em formação.

TOPA realiza mais uma capacitação

Concluída hoje a capacitação de Coordenadores e Alfabetizadores do Programa TOPA – Todos pela Alfabetização, mantido pelo Governo do Estado da Bahia em convênio com a Prefeitura Municipal. A capacitação foi iniciada em julho e teve a última etapa nesta semana, de 07 a 09.11, no Spaço & Cia, conduzida pelos formadores Edjane Gomes de Souza Soares e Viviane Carvalho, com acompanhamento de Maria Célia Silva Carvalho da Secretaria Estadual de Educação, e participação de Edvanice, Gestora Local do programa, e contou com 99 (noventa e nove) participantes, com a maioria absoluta de Jeremoabo, mas com participações de alfabetizadores de Abaré, Macururé e Chorrochó, todos recebendo certificado de 60 horas. O Secretário Municipal de Educação, Pedro Son, esteve presente na solenidade de entrega dos certificados, representando também o Prefeito Municipal no evento.

GEDC1361_320x240

O TOPA - Todos Pela Alfabetização é um Programa de fortalecimento da alfabetização enquanto política pública de acesso à educação da população de jovens, adultos e idosos com mais de 15 anos de idade que não tiveram oportunidade de frequentar a escola, desenvolvido pelo Governo do Estado da Bahia, por meio da Secretaria da Educação e em parceria com o governo federal e os municípios. Recebeu recentemente o Prêmio Darcy Ribeiro de Educação, iniciativa da Comissão de Educação e Cultura da Câmara Federal, é um reconhecimento a instituições que se destacaram na defesa e promoção da educação no país, sendo homenageado por ser o maior programa voltado para a redução do analfabetismo no Brasil.

GEDC1359_320x240

Em Jeremoabo o TOPA conta com 775 alfabetizandos, distribuídos em 155 turmas, 165 alfabetizadores e 31 coordenadores que, além de contribuir com a geração de renda e ocupação, tem ajudado consideravelmente na redução dos altos números do analfabetismo em nosso município.

Funcionária do GBarbosa é encontrada morta

Jeremoabo: funcionária do GBarbosa é encontrada morta dentro de casa

Por Adalberto Moreno

A jovem Uiaria de Jesus Carvalho, de 23 anos, foi encontrada morta dentro de casa, na Rua Santa Cruz, no centro de Jeremoabo, no início da tarde desta terça-feira, 8. De acordo com informações de amigas, os familiares estranharam a falta de movimento no interior da residência, chamaram na porta várias vezes e como ninguém atendeu  resolveram arrombar a porta, encontrando a jovem, na área de serviço, com uma corda no pescoço e sem sinais vitais.

O corpo de Uiaria foi encaminhado ao Hospital Municipal de Jeremoabo e em seguida ao Instituto Médico Legal em Paulo Afonso para ser necropsiado.

Uiaria é filha de Adilma de Jesus Carvalho,  enteada do Sargento PM Edvaldo Dantas, e era funcionária do GBarbosa de Jeremoabo. Ela estava de férias e era cotada para assumir a gerência da loja

A motivação do possível suicídio ainda é desconhecida.