Definida participação dos municípios no Consórcio Público de Saúde da região que engloba Jeremoabo BA

Categoria: Saúde
Criado em Domingo, 12 Maio 2019 23:11
Publicado em Domingo, 12 Maio 2019 23:11
Escrito por Pedro Son
Acessos: 207

Quase 9 milhões será o custo anual da Policlínica

Definida participação dos municípios no Consórcio Público de Saúde da região que engloba Jeremoabo BA

 

O CONSÓRCIO PÚBLICO INTERFEDERATIVO DE SAÚDE DA REGIÃO DE PAULO AFONSO foi criado para o desenvolvimento das ações e serviços de saúde nos municípios que assinaram o protocolo de intenções de sua criação (Abaré, Chorrochó, Glória, Jeremoabo, Macururé, Paulo Afonso, Pedro Alexandre, Rodelas e Santa Brígida) e tem na sua Diretoria, Carlos Clériston Santana Gomes, Prefeito do Município de Santa Brígida, como PRESIDENTE; David de Souza Cavalcanti, Prefeito de Município de Glória, como VICE-PRESIDENTE e Edson Ferreira Gomes, como DIRETOR EXECUTIVO.

 

Para viabilizar as ações foi construída a POLICLÍNICA REGIONAL DE SAÚDE, na cidade de Paulo Afonso BA, Unidade da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, que foi cedida ao Consórcio e que terá uma estrutura de 12 (doze) médicos para consultas especializadas; 9 (nove) médicos para exames e procedimentos; 44 (quarenta e quatro) profissionais não médicos e ainda contará com 32 (trinta e dois) equipamentos para diversos tipos de exames especializados, estimando-se que o Consórcio deverá ofertar uma média mensal de 5.540 (cinco mil, quinhentos e quarenta) atendimentos Ambulatoriais de consultas nas especialidades médicas e mais uma média mensal de 5.000 (cinco mil) exames.

 

Para cumprir com as obrigações financeiras par funcionamento da Policlínica, os custos serão rateados entre os municípios participantes e o Estado da Bahia, tendo sido formalizado Contrato de Rateio que delimita a participação de cada um, inclusive com o custeio do micro-ônibus que transportará diariamente os pacientes do município para Paulo Afonso BA, ficando assim definido:

 

Custo Mensal para funcionamento da Policlínica: R$ 740.331,36 (setecentos e quarenta mil, trezentos e trinta e um reais e trinta e seis centavos), sendo.

 

 Ø  Rateio Mensal do Erário Estadual: R$ 296.132,54 (Duzentos e noventa e seis mil, cento e trinta e dois reais e cinquenta e quatro centavos);

 

 Ø  Rateio Mensal do Erário Municipal: R$ 444.198,82 (Quatrocentos e quarenta e quatro mil cento e noventa e oito reais e oitenta e dois centavos);

 

 Custeio Anual para funcionamento da Policlínica: 8.883.976,32 (oito milhões, oitocentos e oitenta e três mil, novecentos e setenta e seis reais e trinta e dois centavos), sendo

 

 Ø  Rateio Anual do Erário Estadual: R$ 3.553.590,53 (Três milhões, quinhentos e cinquenta e três mil, quinhentos e noventa reais e cinquenta e três centavos);

 

 Ø  Rateio Anual do Erário Municipal: R$ 5.330.385,79 (Cinco milhões trezentos e trinta mil trezentos e oitenta e cinco reais e setenta e nove centavos).

 

O rateio pelos municípios será efetuado da seguinte forma: