NOVA CALAMIDADE ATINGE PEDRO ALEXANDRE BA E CORONEL JOÃO SÁ BA COM ESTOURO DE BARRAGEM

A alegria das chuvas contrasta com a calamidade  das inundações

NOVA CALAMIDADE ATINGE PEDRO ALEXANDRE BA E CORONEL JOÃO SÁ BA COM ESTOURO DE BARRAGEM

Pedro Son

As chuvas atípicas em nossa região têm trazido por um lado a alegria dos agricultores, que há muito tempo não tinham um inverno tão propício, e por outro os problemas causados pelas enchentes e estouro de barragens.

Em março deste ano, Pedro Alexandre sofreu com as águas da Barragem da Lagoa Grande que transbordou e inundou um bairro da cidade. Em abril deste ano, a comunidade Jardim de Sítio do Quinto BA, aqui na região, foi praticamente inundada  pelas chuvas, deixando mais  de quarenta famílias desabrigadas.

Os fatos agora se repetem. Desta vez, a barragem do Quati, no município de Pedro Alexandre BA, construída pela CAR (Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional) e entregue em novembro de 2000 à Associação de Moradores da Comunidade de Quati.

Mas, a maior consequência foi para a cidade de Coronel João Sá BA visto que a barragem situa-se numa zona limite entre os dois municípios e a água que desceu num volume enorme, juntou-se às águas do Rio do Peixe que atravessa a sede do município e inundou as ruas centrais, calculando-se em mais de setecentas pessoas desabrigadas, mas não registro de mortes ou desaparecimento de pessoas.

A Prefeitura da cidade colocou secretários e servidores a postos e reservou as escolas para amparar os desabrigados.  A FANEB (Faculdade do Nordeste da Bahia) através de seus estudantes organizam uma campanha de doações de roupas e alimentos e as cidades vizinhas já se mobilizam para ajudar.

O governador Rui Costa anunciou que irá visitar na manhã desta sexta-feira (12) as cidades de Coronel João Sá e Pedro Alexandre, colocou a estrutura do Estado à disposição dos municípios e já foram enviados para a região efetivos do Corpo de Bombeiros, técnicos da Defesa Civil Estadual, do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). Rui informou também que serão enviados mantimentos e água mineral para a cidade de Coronel João Sá.

Rui Costa ainda entrou em contato com o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, a quem relatou os fatos, chamando atenção para possíveis consequências já que as cidades daquele estado fazem fronteira com a Bahia. Também em conversa com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, Rui disse que o órgão federal se colocou à disposição da Bahia.

Com informações do Bahia Notícias e ASCOM Governo do Estado

Foto: Redes Sociais

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar