Deputada Fátima Nunes assume a presidência da Comissão Especial da Promoção da Igualdade da ALBA

Categoria: Política
Criado em Sexta, 15 Fevereiro 2019 02:37
Publicado em Sexta, 15 Fevereiro 2019 02:37
Escrito por Pedro Son
Acessos: 1126

Jeremoabo BA detém doze comunidades quilombolas reconhecidas 

Deputada Fátima Nunes assume a presidência da Comissão Especial da Promoção da Igualdade da ALBA

Na manhã desta terça-feira (13), a deputada estadual Fátima Nunes foi eleita presidente da Comissão Especial da Promoção da Igualdade. A deputada está em seu quarto mandato na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) e será a primeira vez que vai presidir esta comissão.

Para Jeremoabo (BA) é uma razão de alegria considerando-se que o município conta hoje com 12 (doze) comunidades quilombolas reconhecidas como remanescentes de quilombos e tem uma afinidade muito grande com a deputada que conhece como ninguém os problemas do segmento.

A Comissão Especial de Promoção da Igualdade constitui-se como um espaço político-institucional e de encontro entre as instâncias governamentais e a sociedade civil, à medida que viabiliza debates, realiza audiências públicas, sessões especiais, dentre outras formas de diálogo entre as partes. A Comissão tem dado forma a um fórum privilegiado para segmentos sociais como a população negra, ciganos, indígenas, albinos, povos e comunidades tradicionais, quilombolas, LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), e religiões de matrizes africanas.

Em vídeo institucional a Presidente, destaca que:

“Assumir a presidência da Comissão da Igualdade Racial é um desafio muito grande, num momento em que nosso país está vivendo um verdadeiro retrocesso. Uns talvez queiram que a gente volte ao tempo da escravatura. Portanto nossa comissão tem que combater toda forma de retrocesso, de retirada dos direitos e lutar muito para conquistar mais. A resistência será nossa marca. Nossas bandeiras estarão sempre acenando por justiça social, oportunidade de estudar, de se qualificar e viver com dignidade neste País eu tem tantas riquezas. Não se combate violência com mais violência. Precisamos de mais livros e menos armas”.

A Comissão é composta pelos titulares (Fátima Nunes Lula (PT); Hilton Coelho (PSOL); Jacó Lula da Silva (PT); Jurailton Santos (PRB); Olivia Santana (PC do B); Samuel Júnior (PDT) e Talita Oliveira (PSL) e pelos suplentes Luciano Simões Filho (DEM); Marquinho Viana (PSB) e Pastor Isidório Filho (AVANTE).