Jeremoabo-BA: cidadão denuncia Prefeito Municipal por nepotismo

 

 Uma série de denúncias está sendo preparado pela oposição  

 

Jeremoabo-BA: cidadão denuncia Prefeito Municipal por nepotismo

Começando a repercutir na imprensa, denúncia de nepotismo formulada contra o Prefeito Municipal de Jeremoabo-BA.

São inúmeras as irregularidades que estão se cometendo na Administração Municipal e a denúncia soma-se a tantas outras que estão sendo elaboradas pelo grupo de oposição ao prefeito, inclusive quanto à questão do nepotismo, flagrantemente exercido.

Ora, parece uma ironia sem tamanho! O grupo conquistou o poder com discurso de anticorrupção, de combate a irregularidades supostamente existentes, de combate ao empreguismo, de concessão de reajuste ao professor municipal, de inibição da concessão de diárias, de licitações viciadas, etc. etc. etc.

Pois bem, parecia prévia do que iria acontecer e percebe-se a olho nú muitas irregularidades, algumas das quais consideradas gravíssimas. Não é a toa que alguns capitães da campanha já comecem a “saltar fora”.    

O site de Dedé de Montalvão publicou a denúncia efetuada por José Mário Varjão. (clique aqui para ver a matéria original)

######################################################################################

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR CONSELHEIRO PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS – ESTADO DA BAHIA.

DENÚNCIA

Em razão de atos administrativos Praticados pelo Prefeito de Jeremoabo/BA, Derisvaldo José Dos Santos, que pode ser localizado na sede da Prefeitura Municipal, à Rua Doutor José Gonçalves de Sá, Centro, Jeremoabo/BA, conforme narrado abaixo:

DOS FATOS.

O prefeito municipal de Jeremoabo/BA, Derisvaldo José dos Santos, vem agindo ao arrepio da lei, praticando diversos atos de improbidade administrativa, especificamente, atos de nepotismo.

Nomeou como secretários municipais, 03 (três) familiares, dentre eles, genro, sogro e esposa, os quais estão exercendo cargo de provimento em comissão, de Secretário Municipal, sem sequer ter capacidade técnica para tanto.

Foram nomeados:

JOSÉ LUIZ SANDES DE CARVALHO, sogro da filha do prefeito, para o Cargo de Secretário de Saúde (ressaltando que também é pai do secretário Municipal de Administração).

Álvaro Luiz Garcez Carvalho, genro do prefeito Derisvaldo, para o cargo de Secretário Municipal de Administração;

Josefa Albertina Carvalho dos Santos, esposa do prefeito Derisvaldo, Para o cargo de Secretária Municipal de Assistência Social e Cidadania;

A nomeação destas pessoas, para ocupação da quase totalidade do primeiro escalão da prefeitura municipal, no mínimo, fere a moralidade administrativa, um dos princípios basilares da administração.

DENÚNCIA

Em razão de atos administrativos Praticados pelo Prefeito de Jeremoabo/BA, Derisvaldo José Dos Santos, que pode ser localizado na sede da Prefeitura Municipal, à Rua Doutor José Gonçalves de Sá, Centro, Jeremoabo/BA, conforme narrado abaixo:

DOS FATOS.

O prefeito municipal de Jeremoabo/BA, Derisvaldo José dos Santos, vem agindo ao arrepio da lei, praticando diversos atos de improbidade administrativa, especificamente, atos de nepotismo.

Nomeou como secretário municipal, o senhor João Batista Santos Andrade, e, na mesma família do senhor João Batista, nomeou para cargos de segundo e terceiro escalão, diversos familiares do secretário, senão vejamos:

GILSON SANTOS ANDRADE FILHO, sobrinho do secretário João Batista, para o Cargo de Chefe do Setor de Manutenção de Estradas Vicinais CC- O.

Maria Célia Santos Andrade, irmã do Secretário João Batista Santos Andrade, para o cargo de Coordenador do Departamento de Compras e Almoxarifado;

Fabrício Emanoel dos Santos Silva, sobrinho do secretário João Batista Santos Andrade, Para o cargo de defensor público, CC-2;

Lucas Ravel Santos Andrade, sobrinho do Secretário João Batista Santos Andrade, para o cargo de auxiliar de Assistência em Saúde;

A nomeação destas pessoas, para ocupação de cargos comissionados na Prefeitura Municipal, tendo ainda, um deles como Secretário Municipal, no mínimo, fere a moralidade administrativa, um dos princípios basilares da administração.

Conscientes da nossa responsabilidade perante o desfecho final das eleições passadas, mesmo que agora afastados, procuramos através de críticas construtivas, mostrar o caminho certo, assim, permitindo que se fizesse um comparativo entre a Prática do dia a dia e a Crítica, restou-nos perceber que mais uma vez, a influência do Cargo passou a falar mais alto, sobrepondo a arrogância do eu sou o Prefeito.

A denúncia ora mostrada, por certo é apenas a primeira de uma longa série que está por vir. Para esta, concordo plenamente com o ato, pois alertamos sobre o assunto, mas não posso deixar de dizer, que tais denunciantes, quando no poder (SITUAÇÃO), todos esses, sem exceção, viviam em estado de hibernação, cegos, negligentes e omissos ao trato dado a coisa pública.

Quando recebi um recado para escolher um cargo dentro da Secretaria de Obras, sequer dei retorno a proposta, já que sabia ser ilegal, pois sou servidor público em outro município, para os que assim não querem entender, aí está o resultado.

Infelizmente, resta-nos dizer: aqui se inicia um caminho que levará um cidadão a conviver sob as garras da lei, por muitos e muitos anos, diante daquilo que está por vir. A crença na impunidade e o eu faço porque posso, é o mesmo que comer peixe sem tirar as espinhas, uma hora vai engasgar. 

José M. Varjão

Em 11.09.2018

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar