Jeremoabo-BA: Agentes Comunitários de Saúde aderem a paralisação nacional

 

 A paralisação acontece em todo o Brasil e lutam pela retirada do veto de Temer ao reajuste do piso salarial

Jeremoabo-BA: Agentes Comunitários de Saúde aderem a paralisação nacional

Por: Pedro Son

Os Agentes Comunitários de Saúde do município estão com as atividades paralisadas de hoje (03.09) até a próxima quarta (05). No primeiro dia os agentes realizaram um ato público na frente da Prefeitura Municipal de Jeremoabo (BA), onde lá permaneceram por todo o dia. No segundo e terceiro dias irão para os locais de trabalho apenas para cumprimento do horário de trabalho, mas sem efetivo trabalho. No município, 78 (setenta e oito) agentes prestam serviços na zona urbana e rural.

Mara Silvia e Adilza Espirito Santos, ACS participantes, explicaram que o movimento é em nível nacional e busca derrubar o veto do presidente Michel Temer sobre a Medida Provisória 827/2018, que reajusta o piso salarial nacional da categoria. Ressaltaram não se tratar de nenhuma manifestação contra o poder público municipal.

A ação também ocorre em Brasília (DF) com agentes de todo o País, na luta contra a derrubada do veto, que tem que ser analisado até o dia 15 de setembro no Congresso Nacional. . Os Agentes jeremoabenses estão representados também lá através de Edimaura e Anchieta.

Pelo projeto aprovado no Congresso e vetado por Temer, o piso dos agentes, que atualmente é de R$ 1.014,00, aumentaria para R$ 1.250,00 em 2019, R$ 1.400,00 em 2020 e R$ 1.550,00 em 2021, ressaltando-se que o piso salarial está congelado há mais de quatro anos. Pelo enorme serviço prestado por estes abnegados serviçais, seria um pagamento compatível e plenamente justo.  

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar