Comércio Jeremoabense é maior do que toda microrregião reunida. Veja dados!

 

 Jeremoabo é o 5o. maior comércio do Território e o 1o. da microregião 

 

Comércio Jeremoabense é maior do que toda microrregião reunida. Veja dados!

O ICMS é o Imposto que o comércio recolhe ao Governo Estadual pelas vendas efetuadas ou mais precisamente pela circulação de mercadorias em geral. De certo modo, é um instrumento que pode medir o tamanho do comércio de cada município. Arrecadação baixa é sinal de que pode estar ocorrendo desvios, como, por exemplo, a não emissão de Notas Fiscais.

Jeremoabo, pelos números mostrados no site do SEFAZ do Estado da Bahia, no mês de fevereiro 2018, teve R$ 193.980,87 arrecadados pelo Governo, sendo o 5º. Comércio mais forte no Território atrás de Euclides da Cunha (R$ 849.912,66), Ribeira do Pombal (R$ 791.742,83), Cícero Dantas (R$ 279.800,55) e Paripiranga (R$ 232.822,87).

Mas continua forte na microrregião, sendo nosso comércio maior do que todas as outras cidades reunidas (Coronel João Sá, Novo Triunfo, Pedro Alexandre, Santa Brígida e Sitio do Quinto) que juntas somam R$ 148.923,42.

Veja os valores de todos os outros municípios:

ADUSTINA 22.884,52 ANTAS 42.803,32; BANZAÊ R$ 14.719,02; CIPÓ R$ 65.776,95; CORONEL JOAO SA 25.549,18; FATIMA 68.951,68; HELIÓPOLIS R$ 71.563,18; NOVO TRIUNFO 10.941,17; NOVA SOURE R$ 54.502,63; PEDRO ALEXANDRE 21.801,18; RIBEIRA DO AMPARO R$ 35.730,10; SANTA BRIGIDA 53.949,01 E SITIO DO QUINTO 36.682,88.   Pesquisa: Joilson Costa e Pedro Son.

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar