Jeremoabo BA: Paróquia celebrou 301 anos de Festa do Padroeiro São João Batista

Categoria: Religião
Criado em Terça, 25 Junho 2019 22:48
Publicado em Terça, 25 Junho 2019 22:48
Escrito por Pedro Son
Acessos: 423

A Festa de São João foram momentos de fé e louvor ao padroeiro 

Jeremoabo BA: Paróquia celebrou 301 anos de Festa do Padroeiro São João Batista

A Festa Religiosa, razão de ser de toda a festança junina em Jeremoabo BA, foi realizada de 15 a 24.06.2019, quando aconteceu a Festa propriamente dita com procissão, desfile de imagens dos padroeiros das comunidades e missa festiva ao ar livre,

A Paróquia São João Batista nasceu em 1718 e celebra a Festa do padroeiro há 301 anos. O tema da festa foi “Batizados e Enviados para anunciar o Evangelho”, tema sugerido pelo Papa Francisco para este ano para refletirmos, agirmos e reorganizarmos a nossa vida e as nossas comunidades.

Cada dia um segmento fazia sua celebração a São João Batista, com as novenas preparatórias, cuja programação foi a seguinte:

Dia 15 – 1º. Dia – Noiteiros: COLÉGIO E ESCOLAS PÚBLICAS

Dia 16 – 2º. Dia – Noiteiros: APOSENTADOS E PENSIONISTAS

Dia 17 – 3º. Dia – Noiteiros: COMERCIANTES

Dia 18 – 4º. Dia – Noiteiros: COLÉGIO E ESCOLAS PARTICULARES

Dia 19 – 5º. Dia – Noiteiros: CÂMARA MUNICIPAL DE JEREMOABO

Dia 20 – 6º. Dia – Noiteiros: FUNCIONÁRIOS DA SAÚDE PÚBLICA E PARTICULAR

Dia 21 – 7º. Dia – Noiteiros: PREFEITURA MUNICIPAL DE JEREMOABO

DIA 22 – 8º. DIA – Noiteiros: AGRICULTORES E PECUARISTAS

Dia 23 – 9º. DIA – Noiteiros: ASSOCIAÇÕES COMUNITÁRIAS E SINDICATOS

Dia 24 – DIA DA FESTA DE SÃO JOÃO BATISTA

O Vigário Padre José Ramos Neves foi o condutor principal da festa e teve auxilio de vários padres a exemplo de Padre Geraldo, Padre Wilmar, Padre Fabrício (Antas-BA), Padre Antonio (Reitor do Seminário em Feira de Santana BA), Padre Alberto (Paripiranga BA), Padre João (Paulo Afonso BA), Padre Paulinho (Paulo Afonso BA), entre outros, além do Bispo Diocesano, D. Guido Zendron, que participou de uma noite.

Nas novenas, o tradicional ramo recebido pelos noiteiros, foi conduzido para a Igreja com o acompanhamento da Filarmônica 24 de Junho e todos os dias o Grupo de Zabumbas também prestava sua homenagem ao santo no final das novenas e ficava o dia inteiro tocando na porta da Igreja Matriz.

Uma novidade foi apresentação de Quadrilhas das Escolas algumas noites após o novenário que inda sempre tinha uma barraca de comidas típicas juninas.