PRF RECOLHE ANIMAIS SOLTOS PARA EVITAR ACIDENTES NA BR- 235 ENTRE JEREMOABO E CANUDOS-BA

 

O volume de animais soltos na BR 235 ultrapassa o limite do bom senso

PRF RECOLHE ANIMAIS SOLTOS PARA EVITAR ACIDENTES NA BR- 235 ENTRE JEREMOABO E CANUDOS-BA

Não é de hoje que as reclamações explodem contra animais soltos nas rodovias. Na BR 235, a quantidade de animais ultrapassa o bom senso. Em razão disso, acidentes acontecem diariamente. Talvez esteja na hora de não só apreender os animais mas prender também os proprietários como responsáveis diretos pelos acidentes.

Uma nova ação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta semana, retirou, das margens da BR- 235, 36 (trinta e seis) animais de grande porte, que circulavam livremente na rodovia gerando alto risco de acidentes graves aos usuários. A ação foi realizada ontem (29), entre os kms 100 e 180, municípios baianos de Jeremoabo e Canudos.

Os animais se alimentavam da vegetação que margeia a pista, situação que potencializa a gravidade de um acidente em caso de atropelamento, além de colocar em risco a vida dos motoristas e passageiros. Até este mês de agosto, foi constatado que 19% dos acidentes graves (com resultado morte ou lesão grave) registrados no trecho envolveram a ocorrência animais soltos na pista.

Após devido recolhimento dos animais, 14 equinos foram enviados para um curral Municipal e 22 foram entregues aos proprietários; Na ocasião foram lavrados quatro Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO), nos quais informa que os respectivos proprietários poderão ser responsabilizados por eventuais danos causados em caso de acidentes, tanto no âmbito civil, como no criminal.

A PRF alerta que, na hipótese do condutor deparar-se com um animal, principalmente de grande porte, durante sua viagem, é recomendado diminuir a velocidade do veículo, evitar o uso de buzina e faróis altos, uma vez que essas medidas podem assustar o animal e provocar reações de ataque, e gerar acidentes. Além disso, o condutor poderá informar a PRF através do número 191 que tomará as medidas de segurança cabíveis.

Com informações da ASCOM DA PRF e site radio bahia nordeste

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar