PRESÍDIO DE PAULO AFONSO SEGUE SUPERLOTADO QUASE UM MÊS APÓS JUSTIÇA DETERMINAR TRANSFERÊNCIA DE DETENTOS

Pedido foi feito pelo Ministério Público da Bahia em julho deste ano

PRESÍDIO DE PAULO AFONSO SEGUE SUPERLOTADO QUASE UM MÊS APÓS JUSTIÇA DETERMINAR TRANSFERÊNCIA DE DETENTOS

Pedido foi feito pelo Ministério Público da Bahia em julho deste ano

O Presídio Regional de Paulo Afonso, no norte da Bahia, segue superlotado quase um mês após a Justiça determinar a transferência dos detentos que não são das comarcas de Paulo Afonso, Chorrochó e Jeremoabo.

A unidade, que tem capacidade para 410 presos, tem, atualmente, 772 pessoas cumprindo pena no local.

Segundo a direção da unidade prisional, a transferência dos detentos ainda não começou, mas o presídio não recebe mais presos que não são da região.

A direção informou ainda que sinalizou para a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) a necessidade de reformas e ampliação do presídio.

Fonte: varela notícias

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar