Jeremoabo-BA: Tribunal de Júri condena assassino de Izabelly a 27 anos de prisão

 

O caso teve grande repercussão em Jeremoabo e região

Jeremoabo-BA: Tribunal de Júri condena assassino de Izabelly a 27 anos de prisão

Nesta última sexta-feira, 30.11, aconteceu mais uma sessão do Tribunal de Júri na Comarca de Jeremoabo (BA). Desta vez, no banco dos réus, o jovem Raul de Jesus, acusado de assassinar a namorada Izabelly Oliveira Bispo Souza (veja aqui a matéria da época), crime acontecido em nossa cidade, no Bairro José Nolasco, no dia 01.05.2017, por uma crise de ciúmes. O crime teve lances de crueldade já que o assassinato foi efetuado com pancadas na cabeça da vítima e que teve o corpo depois incendiado.

A sessão foi presidida pelo Dr. Leandro Ferreira de Moraes, com o Promotor Público Dr. Leonardo Cândido de Souza trabalhando na acusação e Dr. Manuel Antonio de Moura, como advogado de defesa nomeado pelo Dr. Juiz. No corpo de jurados cinco homens e duas mulheres e o salão do Fórum Dr. Jonas de Carvalho Gomes, onde foi realizada a sessão, estava lotado e prestigiado por muitas mulheres.

A tese da acusação foi homicídio por motivo fútil e ocultação do cadáver, que prevaleceu e condenou o réu a 27 anos e 7 meses de prisão em regime fechado.

O CASO

Izabelly foi assassinada na madrugada do dia 01.05.2017, logo após ter acontecido a Cavalgada de São Jorge, ocorrido por uma crise de ciúmes do namorado Raul, que, na época, confessou o crime e, segundos eu depoimento, a intenção era também se matar, tendo desistido logo que seu corpo começou também a arder em chama, fato que facilitou sua prisão porque precisava de atendimentos médicos. O caso teve grande repercussão!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar