Jeremoabo: Colégio Leonardo da Vinci inaugura primeira etapa

Colegio Leonardo da Vinci Jeremoabo BA

 

 

Sonho que se sonha só é só um sonho, já dizia o poeta. Mas um sonho a três começa a crescer e ganhar corpo em Jeremoabo: o Colégio Leonardo da Vinci que inaugurou, nesta manhã de hoje (22.04), a primeira etapa de sua estrutura física. Os três novos mosquiteiros da educação jeremoabense são Robson Cavalcante Gonçalves, Jilmara Sandra do Nascimento Santos e Pablo Andrade, que sonharam em 2008 com um novo polo de educação em nossa cidade, que se juntam a outros sonhadores da área como Nalvinha, Nininho, Lúcia, Aline, etc. Inicialmente apenas 13 (treze) alunos matricularam-se, naquela oportunidade, na 1ª. série do Ensino Médio e, após cinco anos de trajetória, o colégio conta com 170 (cento e setenta) alunos que frequentam desde o Ensino Fundamental II (6º. ao 9º. Ano) até o Ensino Médio, com a felicidade de ter um índice de aprovação em vestibulares da região em 2012 de 88% com alunos ingressando em instituições como a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Estadual da Bahia (UNEB), UNIT, FASET, etc.    

A nova sede, localizada na Rua Delmiro Gouveia, próximo à Pousada são Pedro, cuja primeira etapa foi inaugurada hoje, num café da manhã e benção das novas instalações efetuada pelo Padre Ramos, reuniu Dr. Antonio Henrique da Silva, Juiz de Direito; Secretário de Educação, Josemar Muniz; Vereador Neguinho de Lié; professores; alunos; pais de alunos; pais e familiares dos sócios e pessoas da comunidade; conta com 07 (sete) salas de aula, Direção, Biblioteca, Direção, Secretaria, Banheiros e pátio. Para a segunda etapa serão construídas mais 08 (oito) salas de aulas num primeiro andar e o andar térreo será destinado a laboratório, biblioteca e auditório, sendo a área construída até o momento de 910 m2 e com área livre de terreno de 960 m2.  

O Colégio tem na direção a sócia Jilmara; na vice-direção, Robson e como Diretor de Infraestrutura, Pablo Andrade, claro, apenas “pró-forma” visto que são responsáveis gerais pelo empreendimento; tem Elder Ribeiro como Coordenador Pedagógico e como professores Evangelista, Adriana Pitanga, Israel, Leila Carvalho, Felício, Tiago, Érica, Alessandra e Alana. Em conversa hoje pela manhã com os sócios percebia-se claramente a emoção e orgulho de cada um pela conquista, com Robson sintetizando e dizendo “verdadeiro sonho, para os que não acreditavam estamos aqui e esse é um momento de agradecermos também aos pais que confiaram desde o início em nossa instituição”. 

Colegio Leonardo da Vinci - socios - Jeremoabo BA

Colegio Leonardo da Vinci - Jeremoabo BAColegio Leonardo da Vinci - socia Jilmara - Jeremoabo BA

Colegio Leonardo da Vinci - Coordeandor Elder - Jeremoabo BAColegio Leonardo da Vinci - Biblioteca - Jeremoabo BAColegio Leonardo da Vinci - aspectos sala -  Jeremoabo BAColegio Leonardo da Vinci - Jeremoabo BA

Colegio Leonardo da Vinci - socios e Padre Ramos - Jeremoabo BA

Colegio Leonardo da Vinci - grupo de alunos - Jeremoabo BAColegio Leonardo da Vinci - inauguracao - Jeremoabo BAColegio Leonardo da Vinci - Robson e familia - Jeremoabo BAColegio Leonardo da Vinci Jeremoabo BAColegio Leonardo da Vinci Jeremoabo BA

Secretários de Agricultura do Território Semiárido Nordeste II reúnem-se em Jeremoabo

Reuuniao territorio semiarido nordeste ii secretarios agricultura

 O evento reuniu Secretários, Orgãos Federal e Estaduais, associações, produtores e arte  

Câmara Pedro Alexandre justifica titulo de cidadão a Dr. Antonio Henrique em cordel

A justificativa faz parte do Decreto Legislativo 04/2013 que concede titulo de cidadão a Dr. Antonio Henrique da Silva

Jeremoabo receberá Unidade Municipal de Cadastramento do Incra

Outros 16 municípios do Estado também receberão as Unidades. Na região recebem Jeremoabo e Cicero Dantas

Espaço Nordeste Jeremoabo: programação abril

Espaço Nordeste Jeremoabo

Na programação música, teatro e oficina de teatro. 

Roteiro turistico envolvendo Jeremoabo será lançado hoje (11)

 

 

Roteiros turísticos buscam ajudar cidades baianas atingidas pela estiagem

Com o programa Roteiros Caminhos do Sertão, Bahiatursa e SEBRAE Bahia tentam trazer mais turistas para o estado

Carcaças de boi, sertanejos sofrendo e solo rachado. Apesar do rastro de destruição deixado pela seca no Sertão baiano, é justamente nessa região que a Bahiatursa e o SEBRAE Bahia estão apostando para trazer turistas para o estado através do programa Roteiros Caminhos do Sertão. Eles montaram dois roteiros turísticos que serão lançados hoje no II Salão Baiano de Turismo.

No final do mês, a Bahiatursa e o SEBRAE dão início a um programa de capacitação de empreendedores em 11 cidades, incluindo Canudos, Euclides da Cunha, Jeremoabo e Santa Brígida, por onde passam os dois roteiros. “O turismo é uma alternativa à agricultura e à pecuária da região, porque pode gerar emprego e renda. Além do bioma (a caatinga) de lá ser único no planeta, a cultura sertaneja é única. O modo do sertanejo comer, fazer feira e festejar é só daqui”, explica Tiago Mendes, consultor do SEBRAE e sócio da empresa baiana de turismo DAventura. Segundo pesquisa do SEBRAE, 40% dos atrativos do Sertão baiano só são encontrados lá, como a história de Antônio Conselheiro e da Guerra de Canudos e a rara espécie da Arara Azul de Lear.

O primeiro roteiro que será apresentado hoje é centrado em Jeremoabo e aposta no ecoturismo, com a observação de pássaros. Na região, que se estende até Santa Brígida, os artesãos serão beneficiados. O segundo roteiro proposto quer explorar a canoagem em Canudos e Euclides da Cunha. Para Mendes, a região ainda pode ter outros roteiros. Pelo estudo, as 11 cidades têm potenciais específicos para atrair turistas (veja mapa ao lado). “Nosso foco é fazer com que os empreendedores e empresários assumam os 33 projetos que pensamos para a região”, conta. De acordo com ele, 660 vagas serão abertas nas 11 cidades em três módulos: planejamento estratégico, gestão financeira e gestão de pessoas. Essa etapa de capacitação deve ter fim em 2016.

Ontem, a movimentação de interessados se inscrevendo no programa em Jeremoabo foi grande, DIZ a integrante da Fundação Serra Branca, Teresa Nolasco. A família dela é dona da Fazenda Serra Branca, que faz parte de um dos roteiros da Bahiatursa e do SEBRAE. “O programa vai ser muito bom pra região. Serra Branca tem uma cultura muito rica, vários artistas e uma área verde preservada há mais de 30 anos”. Pelo menos 30 empreendedores, incluindo prefeituras locais, já estão envolvidos no programa, que pretende seguir o caminho do Projeto Canudos, desenvolvido pela Universidade Estado da Bahia (Uneb) desde a década de 90, que implantou o Museu da Guerra e o Parque Estadual de Canudos.

“No ano passado, mais de 10 mil pessoas visitaram a cidade e, neste ano, já passamos esta faixa”, conta o professor e pró-reitor de Planejamento da Uneb, Luiz Paulo Neiva. Ele se diz otimista com os novos roteiros, mas faz uma ressalva. “A questão do turismo é importante, mas é preciso ter uma rede de infraestrutura hídrica. Ninguém faz turismo onde não há água. O sistema de irrigação de Canudos, por exemplo, está obsoleto”.

O estudo do SEBRAE identificou essas e outras deficiências, como a falta de hotéis e restaurantes, que terão que ser atacadas para que o projeto dê certo.

Fonte: Correio da Bahia

 

Prefeitura, Sebrae e entidades privadas firmam parceria para o Desenvolvimento de Jeremoabo e região

Encontro SEBRAE publico Jeremoabo

A parceria foi reforçada, ontem (10), durante a visita do Superintendente do Sebrae/BA, Edival Passos, a Jeremoabo